Pastoral do Dízimo

“Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama a quem dá com alegria.” (2Cor 9,7)

A gratidão a Deus, que nos dá tudo, é uma mostra de amor e generosidade para com o Criador. Isso é o dízimo: essa pequena, mas tão importante manifestação do verdadeiro sentimento maior, que é o amor de Deus para com seus filhos. Ao contribuir com o dízimo, o cristão faz uma oferta espontânea, consciente, generosa, alegre e comunitária. Com esses testemunhos de fé, os irmãos se sentem abraçados, acolhidos e queridos.

Sentindo o dízimo como um ato de amor, um apelo espontâneo e, sobretudo, um compromisso com a Igreja, nós cristãos fazemos o diferencial para fazer deste mundo um lugar melhor.

Conforme nos ensina Azilio Buzanello, “o dízimo é a devolução a Deus de uma pequena parcela dos nossos bens em forma de ação de graças pelo muito que d’Ele recebemos. É aquela parte reservada e consagrada para a manutenção da religião e dos necessitados. Deus é dono de tudo, por isso reservar a Ele parte dos bens é uma retribuição justa por tudo que Ele nos tem dado”.

Hoje a Pastoral do Dízimo em nossa Paróquia, encontra-se estruturada graças ao empenho e determinação do nosso Pároco, Frei Claudemir, que com muito carinho, formou e dá todo o suporte necessário ao bom desempenho da Pastoral. É fortalecida pelo compromisso dos nossos irmãos e irmãs da comunidade, que entenderam que é através de sua contribuição mensal que se pode sustentar os trabalhos de evangelização e realizar as obras de caridade com várias famílias, que necessitam de nosso olhar, além da manutenção da Paróquia.

Através de pequenas ações adotadas pela Pastoral vemos crescer a cada mês o número de dizimistas. Nossas atitudes de respeito, carinho e valorização do dizimista, passam pela lembrança de seu aniversário, do sorteio mensal de uma Bíblia, e ainda contar com a Pastoral da Comunicação, que mensalmente envia o Boletim Informativo a cada dizimista em sua residência.

O dízimo é compromisso. O dízimo tem um sentido religioso, pastoral e evangelizador para o cristão católico de hoje. É uma catequese viva. Por isso, aceite o chamado de Deus e torne-se um dizimista.

Procure um dos nossos agentes, no segundo domingo do mês em todas as missas, ou na Secretaria Paroquial, e informe-se como se tornar um dizimista e vamos juntos colaborar com a Igreja onde professamos a nossa fé, e onde buscamos o alimento espiritual que nos fortalece na missão.